Número total de visualizações de página

sábado, 31 de março de 2012

FRASES 6

albanosousanogueira@sapo.pt
http://operfumededeus.blogpot.com


- O Homem pode ser anjo ou besta.
Depende da forma como usa a sua liberdade.
A Bíblia fala do homem desfigurado pelo pecado, pelo mal e pela maldade, mas capaz de melhor se deixar Deus agir na vida dele.
- A Bíblia fala-nos de um Deus apaixonado pelo Homem.
- Deus é o terno protetor da vida e do homem sobre a terra.
- Deus é um enamorado desiludido, mas não resignado à traição. Sempre disponível a recomeçar com os Homens uma História de amor, apesar das traições.
- Um Deus que fez uma aliança total com o Homem, que foi, é e continuará a ser infiel muitas vezes a essa Aliança.
- Esta infidelidade leva a pessoa a ser destrutiva. Colocando os bens materiais e o lucro à frente da vida e do amor.
- Um Deus que não atraiçoa a palavra dada.
- Um Deus que até aceitou a loucura da cruz para restabelecer de novo a Sua relação com a história dos Homens.
- Um Deus capaz de esperar; lento para a ira e pronto para o perdão; que conhece a cada um pelo nome e o pensa como uma obra-prima a valorizar.
- Um Deus capaz de ternura, que abala e coloca na alma um frémito que provoca um enamoramento.

quinta-feira, 29 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 50


50. Jesus subiu mesmo ao Céu?
Claro!
Isso faz parte do Credo, da fé que proclamamos todos os domingos na missa, quando dizemos que Jesus foi crucificado, morto e sepultado, ressuscitou ao terceiro dia e subiu aos céus.
Mas Jesus não é nenhum astronauta.
Quando a Bíblia fala do «Céu», nem sempre se refere ao espaço onde estão as estrelas, acima das nuvens.
Lembras-te do «Pai Nosso que estais nos céus…»? Isso não significa que saibamos onde Ele mora!
No texto sobre a Ascensão, diz-se que Jesus subiu ao Céu e desapareceu da vista dos seus discípulos.
Essa é uma imagem que quer dizer que eles não voltariam a ver Jesus, mas que Ele está vivo em Deus, porque está sentado «à sua direita».
O «Céu» é, com efeito, o símbolo de Deus. Imensamente grande, Ele envolve-nos com a sua presença; e, tal como Deus, é o mesmo para todos os homens.
Jesus, o Filho de Deus, juntou-Se ao Pai por meio da sua ressurreição.
Agora está, como Ele, presente em toda a parte, embora não possa ser visto pelos nossos olhos terrestes.
É pela fé e pelo amor que podemos encontrá-l’O.

segunda-feira, 26 de março de 2012

A GRATIDÃO

        A GRATIDÃO
O homem, por detrás do balcão, olhava a rua de forma distraída, quando uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrina...
Os olhos da cor do céu brilharam quando viu determinado objeto.
Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquezas azuis. “É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?
O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:
- QUANTO DINHEIRO VOCÊ TEM?”
Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós.
Colocou-o sobre o balcão e disse: “isto dá, não dá?...”
... Eram apenas algumas moedas, que ela exibia orgulhosa...
“- Sabe, eu quero dar este colar azul para a minha irmã mais velha...  Desde que nossa mãe morreu, ela cuida da gente e não tem tempo para ela.
É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor dos seus olhos.”
O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.
- Tome, leve com cuidado!
Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.
Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem, de longos cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis, entrou na loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho, desfeito,  e indagou: - Este colar foi comprado aqui?
- Sim, senhora.
- E quanto custou?
- Ah, falou o dono da loja, o preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o freguês...
A moça continuou: “mas minha irmã tinha somente algumas moedas... O colar é verdadeiro, não é?
Ela não teria dinheiro para pagá-lo!”
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e devolveu à jovem, dizendo:
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar... Ela deu tudo o que tinha!
O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pelas faces da jovem, enquanto suas mãos tomavam o embrulho e ela retornava ao lar, emocionada...

Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições, pois quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.
Como a menina da história, que busquemos ter sempre vivo o sentimento de gratidão, por tudo o que temos recebido,  em cada momento de nossas vidas.
“Em tudo dai graças;  porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.”     
I TES 5,18

Desejo-lhe um feliz e santo dia!

quinta-feira, 22 de março de 2012

FALAR DE VOCAÇÃO

albanosousanogueiraa@sapo.pt
http://deixadeusentrar.blogspot.com

     FALAR DE VOCAÇÃO

     Falar de “vocação” significa assim falar de busca e de procura, de tentar seguir e encontrar-se nos caminhos que levam a uma vida maior.
No ser humano, a “vida plena” coincide, por paradoxal que pareça, com a “vida plena” das outras pessoas à sua volta: “o segredo da felicidade”, dizia a fada num famoso conto infantil, “é fazeres felizes as pessoas à tua volta!”.         Esta é no fundo a experiência que todos temos, do “quanto mais (te) dás, mais rico ficas” (Madre Teresa de Calcutá), constatando a verdade do que Jesus já dizia há 2 mil anos: “Que o maior de entre vós seja aquele que serve. E felizes sereis se o puserdes em prática!”
Todos andamos a tentá-lo por muitas vias, quando a “fórmula da felicidade” acaba por ser bastante simples!

     A vocação não é assim um privilégio ou uma característica só de alguns, mas interrogação de vida a ser respondida por todos.
Interrogação que passa pela questão:
- “Senhor, onde queres que eu Te sirva?”, que é outra forma de perguntar “Onde queres, Senhor, que eu ponha em acção a minha capacidade de amar, de forma a dar mais fruto, a transformar mais o mundo?”.
    Interrogação que envolve um discernimento às vezes prolongado, já que poucas vezes a resposta é logo evidente.

segunda-feira, 19 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 49



O que é a morte?
     Se fizesses esta pergunta a um médico, ele não ia gostar de responder, porque é difícil de definir a morte no domínio da medicina.
     Será que ela acontece quando pára a ventilação pulmonar (quando se deixa de respirar)? Ou quando o coração deixa de bater?
     O que é certo é que a morte está escrita nos nossos genes, ou seja, no interior de cada uma das nossas células.
     Portanto, é um acontecimento que faz parte da natureza, tal como está previsto que, no Outono, as árvores percam as suas folhas.
Contudo, a morte ainda é aquilo que o ser humano mais receia.
A propósito da morte, a fé cristã apresenta a noção de esperança, mas isso não impede que choremos; Jesus também chorou diante do túmulo do seu amigo Lázaro.
Mas o cristão acredita que a morte não tem a última palavra.
Jesus, que também encontrou a morte, ultrapassou-a.
E ressuscitou. Jesus pôs-Se «no meio deles», diz o Evangelho da Páscoa (João 20, 19).
A partir de então, o crente passa a ver a morte, por muito dolorosa que ela seja, como um nascimento, a entrada numa vida nova em Deus.

sexta-feira, 16 de março de 2012

TEMPO PARA EVANGELIZAR


******************
DIVULGAR ESTES BLOGUES É UMA FORMA DE EVANGELIZAR...
-----------------------------------
FALE AOS SEUS AMIGOS DESTES MEUS DOIS BLOGUES
-----------------------------------

NÃO TEMOS TEMPO PARA EVANGELIZAR 
NÃO TEMOS TEMPO PARA NOS REUNIRMOS E FORMAR A NOSSA FÉ, NUM ENCONTRO DE FORMAÇÃO E DE PARTILHA DA FÉ CRISTÃ.
 .
TEMOS MUITA DIFICULDADE EM EVANGELIZAR, EM CHAMAR OUTROS A APROXIMAREM-SE DE DEUS E DA IGREJA...
.
MAS APRENDEMOS LOGO O ÚLTIMO BOATO E CRÍTICA QUE APARECER E ESPALHAMOS LOGO ESSA CRÍTICA E BOATO.
ESPALHAMOS O MAL E NÃO ESPALHAMOS O NOME DE JESUS CRISTO...
.
PORQUE SERÁ????????!!!!!!!!!!!!!.....................

A boca fala da abundância do coração.
Se não evangelizamos, se não falamos de Deus, de Jesus Cristo, do Evangelho, é porque eles não estão no nosso coração.
Isso quer dizer que Deus não conta muito para nós.
Isto quer dizer que não estamos apaixonados pelo Evangelho, nem por Jesus Cristo, nem pela Igreja.
Isto quer dizer que Deus é algo de secundário para nós e devia ser um tesouro para nós...
+++
Quem é Deus para ti, meu irmão, minha irmã, no concreto da tua vida?
Em que é que tu, meu irmão, minha irmã, és diferentes daqueles que dizem não acreditar em Deus? 
Será que a vida dos cristãos revela a presença de Deus neles, pela bondade, pela mansidão, pelo perdão, pela amizade, pela compreensão, pelo acolhimento, pela solidariedade, pela ajuda aos outros?
Quaresma, é tempo de pensar na vida ao jeito de Jesus Cristo...
Cruz é sinal +...
Ser cristão é seguir a Cruz de Cristo de sinal + (mais).
Mais amor, mais fé, mais caridade (amor desinteressado),
mais confiança, mais ajuda aos outros, mais compreensão,
mais aceitação da vontade de Deus.

QUARESMA, TEMPO DE SER MAIS... ... ... 
SER MAIS SANTO,
SER MAIS VIRTUOSO,
SER MAIS PERFEITO...
MAIS... MAIS... MAIS... NO BEM...

SER COMO JESUS

quarta-feira, 14 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 47

albanosousanogueira@sapo.pt


47. Porque é que Jesus ressuscitou três dias depois de morrer?
     Imaginemos, por exemplo, que Ele ressuscitava logo a seguir.   
     Nesse caso, Jesus provaria que tinha razão.
     Toda a gente seria obrigada a acreditar.
     Mas Deus quer sempre que sejamos livres.
     A sua vitória é real, mas discreta.
Jesus morreu numa sexta-feira e não se podia deixar os corpos na cruz porque o dia seguinte era o sabbat (sábado)dos judeus, um dia de descanso semanal em que se devia pensar em Deus e ficar em casa.
Por isso se apressaram a meter o corpo de Jesus num túmulo.
No terceiro dia (e não três dias) depois desses acontecimentos, na manhã de domingo, o primeiro dia de uma nova semana, algumas mulheres foram até ao túmulo para embalsamar Jesus.
Mas o túmulo estava vazio…
E o túmulo não estava vazio porque alguém tivesse levado o corpo, mas sim porque Jesus estava vivo.
Contudo, o Evangelho diz que os guardas receberam dinheiro para se calarem e deixarem correr o boato de que os discípulos tinham roubado o corpo de Jesus (Mateus 28, 11-15).
Então, quando é que Jesus ressuscitou?
Não sabemos.
O que se passou no sábado, o dia do sabbat? Ninguém sabe. Mas foi ao terceiro dia que as mulheres ficaram a saber da Boa Nova e a contaram aos Apóstolos.
O terceiro dia é o Domingo, o Dia do Senhor Ressuscitado.
Por isso é que os cristãos católicos se reunem ao Domingo para a Eucaristia, a presença real e viva de Jesus no meio do Seu Povo, a Igreja Católica.

terça-feira, 6 de março de 2012

FRASES 3



         A PROCURA DE DEUS
 
      O Deus em quem os cristãos acreditam é o Deus de Jesus Cristo, é o Deus da Bíblia.
     E o Deus de Jesus Cristo é o Deus-Amor; Deus-Vida.
     A vida cristã implica ser capaz de testemunhar a novidade do Evangelho.
    Para tal é preciso uma conversão do coração, pela procura de Deus acima de qualquer outra coisa ou realidade.
     Nada antepor a Cristo.
O silêncio de Deus (que se cala, que não se impõe, que se esconde), tem levado a um silêncio sobre Deus e muitos já não falam de Deus; ou então corre-se o risco de dizer palavras vazias sobre Deus.
     Mais cedo ou mais tarde, Deus atravessa a nossa vida com a Sua presença ou com a Sua ausência.
     Nós só procuramos Deus, porque Deus já nos procurou, já veio ao nosso encontro (criação, revelação bíblica, Jesus Cristo, Igreja), por isso, nós também podemos ir ao Seu encontro.
    A ciência exalta demasiado o Homem, tornando-o muito grande e torna Deus demasiado pequeno.
    A fé exalta mais Deus colocando-O acima de todas as coisas.
    Não se pode colocar Deus e o Homem em competição e em concorrência como faz a ciência.
    Esta visão não é bíblica, nem cristã.
    O Homem é o único ser querido por si mesmo e jamais foi pensado por Deus como um meio, mas como um fim.
    A Bíblia não fala de competição entre Deus e o Homem.
    Fala de Aliança sempre querida e procurada por Deus-Amor.

sábado, 3 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 45


45. Porque é que Jesus ressuscitou?
Esta pergunta tem a ver com o aspecto central da fé cristã. «Se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé e permanecereis nos vossos pecados», disse São Paulo (1 Coríntios 15, 14-19).
Se queres saber porque é que Jesus ressuscitou, isto é, para quê dir-te-ei que foi para vencer a morte e fazer triunfar a vida.
Nós fomos criados para viver com Deus para sempre, mas ainda estávamos sujeitos ao mal e à morte.
Tal como pássaros presos numa rede, não conseguíamos voar.
Mas Jesus veio romper a rede que nos aprisionava e ficámos livres.
Já podemos voar para o Céu de Deus, desde então e para sempre.
Se pretendes saber qual foi a causa da ressurreição de Jesus, dir-te-ei que o Pai ressuscitou Jesus não para abrir uma excepção em relação ao seu Filho, mas porque o seu Filho amou até ao ponto de dar a vida.
Deus é amor e vida e o amor faz viver.
Se o que queres a razão por que foi Ele e não outro, dir-te-ei que Ele ressuscitou para que todos os seres humanos também possam ressuscitar.
«Ele é o principio, o Primogénito dos mortes», diz São Paulo (Colossenses 1, 18).
Neste mundo estragado pelo mal e pelo pecado, só Deus feito homem podia amar na perfeição.
A brecha que agora existe no muro da morte permite-nos atravessá-lo seguindo Jesus.