Número total de visualizações de página

terça-feira, 30 de outubro de 2012

ORAÇÃO A JESUS NA EUCARISTIA

DEUS FEITO SEMENTE
 
De joelhos, prostrado, olho esse sacrário.
Não Te vejo, não Te sinto, não Te oiço, não Te toco.
Mas por detrás dessa porta estás Tu Senhor,
o Deus feito Homem ...
 
Pão branco, que se pode comer ou destruir,
esfarelar, reduzir a migalhas, a nada.
Apesar disso, és Tu, escondido, aniquilado, pobre,
humilde, infinito e reduzido a uma «coisa»...
 
Loucura do divino que se esconde,
se aniquila se esvazia, se torna alimento.
Mas nesse pão branco, por detrás da porta desse
 
sacrário, está Deus, está o Pão da Vida,
 
a semente de imortalidade,
o gérmen da glória, o Senhor omnipotente,
a fonte da vida, do amor, da felicidade
Ajuda-me, Senhor Jesus,a vir a Ti e a saciar-me do divino,
do absoluto, do imortal.
Ajuda-me,a vir junto de Ti para dialogar,
para Te segredar os meus problemas, para Te ouvir,
já que Tu estás presente nesse Pão branco ...
Deus feito semente, faz-me germinar e crescer como Tu.
Que eu seja Pão branco, alimento de irmãos.
 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A PORTA DA FÉ- RESUMO

 
 
 
Ano da fé- Reflexão sobre a fé.
Aprofundar os conhecimentos da fé.
Conhecer melhor e transmitir às gerações futuras a fé de sempre.

9. FÉ PROFESSADA – Conhecer as verdades da fé
    FÉ CELEBRADA – Sacramentos – Eucaristia Domingo
    FÉ VIVIDA – Mandamentos e bem-aventuranças
          Testemunho de vida. Ligação da fé à vida.
    FÉ REZADA – Oração. Saber o CREDO de cor e pensá-lo no coração. Como Nossa Senhora, mulher de oração

10. Compreender plenamente os conteúdos da fé para nos entregarmos totalmente a Deus.
Chega-se mais à fé pela adesão do coração do que pelo saber intelectual.
É preciso conhecer os conteúdos da fé, mas aderir também a eles pelo coração, amando o que se aprende.
A fé é um ato de liberdade feito pela pessoa, porém não é um ato privado, mas comunitário, pois tem implicações sociais. Devo assumir a responsabilidade de ser cristão.
A profissão de fé é um ato pessoal e comunitário.
Eu creio, mas creio em comunhão com outros: nós cremos.
Precisamos de conhecer a totalidade do mistério salvífico revelado por Deus.
 
Conhecer com a inteligência para aderirmos com a nossa vontade e com o coração.
É o próprio Deus que se revela e permite conhecer o Seu mistério de amor.

sábado, 20 de outubro de 2012

ACENDER VELAS - SÍMBOLO DA FÉ

 
Porque é que as pessoas acendem velas na igreja?
     A vela é uma maneira de rezar, sobretudo para quem não encontra facilmente as palavras certas para o fazer.
     A sua pequena chama exprime então a alegria que se sente diante de Deus, ou ainda um pedido de iluminação e ajuda quando se está na escuridão.
        «A vela continuará a sua oração quando já tiver saído da igreja», li eu uma vez num sitio aonde ia muita gente rezar.
Rezar é pensar em Deus amando-O, dirigir-Lhe a palavra, virar-se para essa presença interior que nos quer bem, que nos protege e nos ama.
É claro que existem outras maneiras de rezar.
Há quem goste de utilizar textos bonitos, orações escritas por pessoas que têm jeito para usar as palavras.
Há quem se exprima com o seu corpo, cantando ou meditando enquanto faz uma caminhada…
E também a Bíblia pode ajudar a encontrar Deus.
Geralmente, é ao pé das imagens de santos que estão as velas, porque o cristão acredita que não está só diante de Deus.
 Ele sabe que o acompanham imensos homens e mulheres que, antes dele, amaram a Deus e aos seus irmãos e irmãs de todo o coração. Esses, os santos, são preciosos companheiros de caminhada, que mostram o caminho e continuam a rezar por aqueles que ainda se encontram neste mundo.

sábado, 13 de outubro de 2012

PORTA DA FÉ, ANO DA FÉ

 
PORTA DA FÉ
 
2. A Igreja tem a missão de conduzir as pessoas, através do deserto deste mundo, para um encontro vital de amizade com o Filho de Deus, para Aquele que dá a vida, a vida em plenitude.
Vive-se hoje uma crise de fé em muita gente e até nos que se dizem cristãos.
3. Ter fé, acreditar em Deus é ser sal da terra e luz do mundo. O sal da fé não pode perder o sabor e a luz da fé não pode ficar escondida.
Temos de ir beber à fonte da água viva que é Jesus Cristo. Para isso temos de nos alimentar da Palavra de Deus e do Pão da Vida que é a Eucaristia.
Não podemos viver só preocupados com o alimento corporal, com as coisas materiais; mas temos de procurar o alimento que dura até à vida eterna.
Acreditar em Jesus Cristo e fazer as mesmas obras que Ele fez, é o caminho para se poder chegar definitivamente à salvação E SER FELIZ.
4. É preciso descobrir a força e a beleza da fé.
Precisamos de uma nova evangelização para a transmissão da fé cristã.
A fé é individual e coletiva; Livre e consciente;
Interior e exterior; humilde e franca.
É preciso tomar consciência da fé para a - Reavivar, purificar, confirmar e confessar

terça-feira, 9 de outubro de 2012

POR QUE É QUE SE REZA?

 
Porque se reza?
           Antes de mais nada, porque se quer falar com Deus.
Se és crente, acreditas que Deus é alguém que tem significado para ti, é um amigo, um apoio…
     Portanto, é normal falares com Ele – para partilhares com Ele a tua alegria quando estás feliz; e a tua tristeza quando estás triste; quando tens preocupações, também Lhe podes falar delas.
E consegues imaginar uma amizade em que não haja reciprocidade? Pois é, Deus também tem algo a dizer-te. A Bíblia está cheia de palavras que Deus gosta que os homens oiçam.
Os profetas até se exprimiam repetindo muita vezes «Palavra do Senhor». E Deus fala-nos ainda hoje, sobretudo por meio do Evangelho. Costumas lê-lo? Algumas páginas são mais difíceis, mas outras desafiam-te particularmente, quando te pedem, por exemplo, que rezes pelos teus inimigos, partilhes o que tens com os pobres, ames o próximo como a ti mesmo…
O Evangelho é uma das maneiras que Deus utiliza para fazer chegar aos homens a sua Palavra.
Se prestares atenção àquilo que se passa no teu íntimo, descobrirás bons desejos e vontade de fazer o bem. Essa é também uma maneira de Deus te falar.
E, depois, há todos os apelos que te chegam por meio dos outros. Pela oração, podes deixar que tudo isso ecoe em ti e descobrir as respostas a dar.
Neste Ano da Fé seria importante que todos os cristãos rezassem pelo menos 15 minutos por dia, numa oração pessoal com Deus, como um amigo fala ao seu amigo.
A oração alimenta a fé e a fé implica oração.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

CALENDÁRIO PARA O ANO DA FÉ 2013

http://operfumededeus.blogspot.com
 
 
Editei também um calendário com o logotipo do ano da fé.
Para quem estiver interessado.
A fé cristã católica tem de transmitir hoje com os meios de hoje.
É o que eu tento fazer...

TELA PARA O ANO DA FÉ

http:deixadeusentrar.blogspot.com

Tela para o Ano da fé
A tela pode ser 1,50m de largura x 1,20 de altura, ou mais pequena: 0,96m de largura e 1,20m de altura. 

Pendente para janelas, varandas ou sacadas de quem o desejar.
Se alguém desejar alguma destas telas ou destes pendentes para janelas ou varandas, pode contactar-me por email:
albanonogueira2012@sapo.pt
que eu envio pelo correio.
Os pendentes (ver foto abaixo) têm a seguinte medida (70cmx40cm).




As telas para o interior ou exterior das igrejas, terão me dizer as medidas.

Senhor Jesus, eu creio, mas aumenta a minha fé.

Obrigado.
Um abraço
Pe Albano Nogueira

O SACRÁRIO

Hoje é o dia de S. Francisco de Assis que fundou os Franciscanos.
Um dos maiores santos de todos os tempos.
S. Francisco dizia: "O Amor não é amado..."
S. Francisco de Assis, rogai por nós.
 
 
 
O que é aquela caixa que está nas igrejas com uma luz ao lado?
       Essa «caixa» chama-se sacrário ou tabernáculo, palavra esta que vem do termo latino para «tenda». É o sacrário que contém as hóstias consagradas – ou reserva eucarística – que sobram depois da celebração da Eucaristia.
O principal objectivo dessa reserva é ter sempre hóstias consagradas para os doentes, sobretudo em fim de vida, que assim poderão, antes da sua grande passagem, comungar uma última vez.
Jesus disse: «O que come deste pão viverá eternamente» (João 6, 58). A essa última comunhão chama-se «viático», uma palavra de origem latina que significa «caminho».
É pão de Deus, onde Jesus Cristo está realmente presente, para a etapa final da grande viagem até Deus.
A pequena luz ao lado é a da «lamparina do sacrário», que chama a atenção para a presença real de Cristo no pão guardado no sacrário. Com efeito, para os cristãos, esse pão já não é o pão comum. Ele é o Corpo de Cristo, a sua vida entregue por nós na cruz na sexta feira santa.
Muitas vezes, as pessoas, ao passarem à frente do sacrário, inclinam-se ou fazem uma genuflexão (tocam com um dos joelhos no chão).
Por vezes, vão rezar em silêncio na igreja ou numa capela onde esteja um sacrário. Noutras ocasiões «expõe-se» o Santíssimo Sacramento, ou seja, as hóstias consagradas, num tempo de oração a que se chama «adoração eucarística».
Para os cristãos, o Santíssimo Sacramento é o sinal de que Jesus foi fiel à sua promessa de que estaria connosco todos os dias até ao fim dos tempos (Mateus 28, 20).