Número total de visualizações de página

sábado, 30 de novembro de 2013

O PRIMEIRO ANÚNCIO

http://operfumededeus.blogspot.com

 
      A verdade central e o resumo da nossa fé é esta:

Deus ama-te e enviou o Seu Filho “Jesus Cristo, para te salvar”.   
     É a festa que celebramos em cada Natal: o mistério da Encarnação do Verbo, da Palavra de Deus que habitou no meio de nós na pessoa de Jesus Cristo.
    Isto é o mais importante da nossa fé cristã católica em Jesus Cristo e que tem de ser anunciado às crianças, adolescentes, jovens e adultos:

“Jesus Cristo é o Filho de Deus que encarnou, veio ao mundo e salvou-te, Ele é o Senhor, Ele é o Salvador, o Libertador”.   
    Perante esta verdade, que tem de ser anunciada a todos com alegria, com palavra e com obras, a pessoa que escuta esta verdade tem de se posicionar, tem de dar uma resposta: ou aceita, ou rejeita.
    A indiferença já é uma resposta negativa de rejeição.
    Ora, rejeitar o Salvador, é rejeitar a salvação e ficar perdido, desorientado, numa vida sem rumo, sem sabor, sem grandeza.
    Há outros que que se interrogam e perguntam para querer saber mais: mas quem é Jesus Cristo?
    Quem é Deus?

    E Deus tem um Filho?
    E que é que esse Filho fez para me salvar?
    Como é que Jesus Cristo me salvou?
E  que é que significa a aminha salvação?
 Salvou-me de quê ou de quem?
  Como é que eu sinto que estou salvo?
Que é que muda na minha vida com essa salvação?
Que é que devo fazer para receber essa salvação?
Será que preciso da salvação que vem de fora, de Deus?
Não bastará a salvação que vem dos homens: ciência, técnica, saber humano, poder humano, dinheiro, riqueza, fama, poder, conquistas? Precisamos de Deus ou passamos muito bem sem Ele?
Muita gente passa bem sem Deus, mas existem certos momentos em que a vida corre o risco de perder o sentido, o significado, o sabor, o valor e aí fica o vazio que só Deus pode encher.
    As pessoas podem ter vida, saúde, dinheiro, bens materiais, emprego, família, cultura, prazeres. Mas mesmo assim, muita gente é infeliz.
    Será caso para perguntar: se eu tenho tudo de material, tudo o que este mundo me oferece, porque é que não sou feliz?
    Nesse momento a pessoa percebe que dentro de ti tem um buraco que só Deus encher e fazê-la feliz.
    Só Deus pode tornar a pessoa verdadeiramente feliz.

    Por isso, a pessoa precisa de Deus, da Sua paz, da Sua esperança, do Seu amor, do Seu perdão, da Sua Salvação.http://deixadeusentrar.blogspot.com
 

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

A VIDA, DÁDIVA DE DEUS


 
 
A vida é uma caminhada.
Vimos de Deus e vamos para Deus.
Deus é a origem e Deus é a nossa meta.
Ao fazer este caminho, os homens têm vitórias e derrotas, fracassos e sucessos, ganhando em poder sobre o universo e sobre a própria vida.
Daí a tentação permanente de muitos se julgarem auto-suficientes, capazes de se tornarem deuses sozinhos, dispensando o próprio Deus.

O homem não está acabado.
A vida da humanidade é uma constante caminhada no seu desenvolvimento. E até onde chegaremos?
Depende de cada um.

Tu podes:

- humanizar-te sempre mais, acolhendo e dirigindo as tuas forças;

- personalizar-te sempre mais, assumindo e orientando as tuas forças;

- e, se fores cristão, divinizar-te sempre mais, unindo-te ao Deus de Jesus Cristo. Cristificação. Ser parecido com Jesus Cristo que só fez o bem aos outros.

Mas tu podes também:

- Retroceder em humanização, em personalização, em divinização e, em caso extremo, em certos momentos, és capaz de te re-animalizares sozinho ou em grupo, ou em sociedade.

És livre. Cabe-te a ti escolher em que sentido desejas construir-te e o que vais decidir para tentares consegui-lo.

Os cristãos acreditam que a vida não é um rio sem nascente, mas que na origem de toda a vida está DEUS- PAI: AMOR infinito.

Tu és um ser vivo não por "acaso", mas porque és amado por Deus.
Amar é sempre dar a vida a um outro.
Ser amado é sempre receber a vida de um outro.
Se Deus deixasse de te amar, tu deixarias de "existir".
Ora, Deus não pode deixar de te amar e de te dar a vida, porque Ele é AMOR e porque Ele te ama INFINITAMENTE.

Tu és amado por Deus desde sempre e para sempre.
És um ser vivo para sempre porque mesmo ainda antes de nasceres, Deus já tinha pensado em ti desde toda a eternidade.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A BELEZA DA VIDA


http://deixadeusentrar.blogspot.com

A VIDA É BELA, PORQUE VEM DE DEUS QUE É VIDA

Muitas vezes dizes: "a vida é um vale de lágrimas", é preciso resignar-se e continuar a caminhada da vida até se chegar ao descanso eterno.
A vida, sejam quais forem os elementos e os acontecimentos que a maltratam, é bela, pura e fecunda na sua Fonte.
A vida é bela apesar de todas as suas impurezas e mesmo imundícies e continua a ter imensas possibilidades (infinitas possibilidades) porque transporta em si as flores e os frutos que és chamado a produzir.
"Enquanto há vida, há esperança".

A vida humana pode ser arruinada, esbanjada, poluída pelos canais que ela percorre, pela sociedade que construímos, pelos obstáculos que erguemos diante dela e que perturbam o seu percurso normal.
Mas, apesar de tudo isso, a vida continua a ser bela na sua Fonte (Deus) e com imensas possibilidades de se regenerar (purificar) e de dar os seus frutos.

As tuas forças vitais, em todos os andares do teu ser, contêm nelas próprias:

- Forças de expansão.
Incentivam-te a desenvolveres em ti o homem em todas as suas dimensões - corpo, coração, pensamento.

- Forças de união,
que te levam ao encontro dos outros (corpos, corações, pensamentos) para se unirem e se enobrecerem.

- Forças de criação,
pois possuem em si mesmas o poder misterioso de fazer nascer novas vidas a partir da vida recebida.

Ao longo da sua história de muitos milhares de anos, os homens fizeram uma longa marcha rumo à tomada de consciência da vida e do seu exercício de poder sobre ela. Este caminho foi o seguinte:

- do inconsciente ao consciente: consciencialização- Reflexão humana que lhe permite saber que sabe;

- do animal ao homem: humanização;

- do homem à pessoa: personalização;

- na fé do cristão, a última etapa, realização do sonho original do homem: a sua divinização, pelo encontro de Deus que veio ao seu encontro em Jesus Cristo, ou cristificação= semelhança com Jesus Cristo o HOMEM NOVO.
 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

JESUS SALVADOR DO MUNDO


O AMOR CRISTÃO
 
Muito se fala de amor: canções, poesias, festivais, filmes, novelas, conversas.
Amor humano que tem de ser bem entendido, pois muitas vezes usa-se a palavra “amor”, mas que de amor verdadeiro, às vezes, é quase zero.
A Bíblia é uma carta de amor de Deus por toda a Humanidade.
Antes de morrer, Jesus deixou aos Apóstolos e seus seguidores o mandamento novo do amor: “amai-vos uns aos outros como Eu vos amei...
É esse o sinal de que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros”.
O amor é o essencial, o resumo da mensagem cristã; o núcleo do evangelho e da doutrina de Jesus Cristo.
A perfeição humana (santidade) e a transformação do mundo pode acontecer pelo amor. Com o amor (verdadeiro e autêntico) pode conseguir-se tudo.
Porém, temos de perceber que há muitas caricaturas (falsidades) do amor.
Estamos na terra para amar. A nossa missão como seres humanos mais essencial, é amar. Uma pessoa sem amor (se não gostasse de ninguém, não fizesse bem a ninguém), essa pessoa seria um inútil, não serviria para nada.
Fomos criados por Deus que é Amor, para amar.
Tal como pelos fios de luz circula a corrente elétrica, assim a nossa vida deve fazer circular e transmitir palavras e gestos de amor (o mais puro possível= desinteressado =caridade).
Há muitas formas de entender a palavra amor e amar: compreender, aceitar, ter olhos limpos e puros, acolher o outro sem julgar, estender a mão a um amigo sem esperar nada em troca.
O verdadeiro amor é centrado nos outros (dar): em Deus (o Totalmente Outro) e nos outros seres humanos e até amor aos animais.
O contrário do amor é o egoísmo (receber): amor centrado em nós.