Número total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A BELEZA DA VIDA


http://deixadeusentrar.blogspot.com

A VIDA É BELA, PORQUE VEM DE DEUS QUE É VIDA

Muitas vezes dizes: "a vida é um vale de lágrimas", é preciso resignar-se e continuar a caminhada da vida até se chegar ao descanso eterno.
A vida, sejam quais forem os elementos e os acontecimentos que a maltratam, é bela, pura e fecunda na sua Fonte.
A vida é bela apesar de todas as suas impurezas e mesmo imundícies e continua a ter imensas possibilidades (infinitas possibilidades) porque transporta em si as flores e os frutos que és chamado a produzir.
"Enquanto há vida, há esperança".

A vida humana pode ser arruinada, esbanjada, poluída pelos canais que ela percorre, pela sociedade que construímos, pelos obstáculos que erguemos diante dela e que perturbam o seu percurso normal.
Mas, apesar de tudo isso, a vida continua a ser bela na sua Fonte (Deus) e com imensas possibilidades de se regenerar (purificar) e de dar os seus frutos.

As tuas forças vitais, em todos os andares do teu ser, contêm nelas próprias:

- Forças de expansão.
Incentivam-te a desenvolveres em ti o homem em todas as suas dimensões - corpo, coração, pensamento.

- Forças de união,
que te levam ao encontro dos outros (corpos, corações, pensamentos) para se unirem e se enobrecerem.

- Forças de criação,
pois possuem em si mesmas o poder misterioso de fazer nascer novas vidas a partir da vida recebida.

Ao longo da sua história de muitos milhares de anos, os homens fizeram uma longa marcha rumo à tomada de consciência da vida e do seu exercício de poder sobre ela. Este caminho foi o seguinte:

- do inconsciente ao consciente: consciencialização- Reflexão humana que lhe permite saber que sabe;

- do animal ao homem: humanização;

- do homem à pessoa: personalização;

- na fé do cristão, a última etapa, realização do sonho original do homem: a sua divinização, pelo encontro de Deus que veio ao seu encontro em Jesus Cristo, ou cristificação= semelhança com Jesus Cristo o HOMEM NOVO.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário