Número total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de junho de 2009

ORAÇÃO DE PERDÃO NESTE ANO SACERDOTAL

Ao iniciar-se este Ano Sacerdotal, eu, sacerdote há 26 anos,
faço minhas as palavras desta oração:

"Perdão, Senhor!
Embora bem-intencionado, nem sempre acertei…
Eu queria ser flor e fui espinho…
Queria ser um sorriso e fui mágoa…
Queria ser luz e fui trevas…
Queria ser estrela e fui eclipse…
Queria ser contentamento e fui tristeza…
Queria ser amigo e fui adversário…
Queria ser força e fui fraqueza…
Queria ser o amanhã e fui o ontem…
Queria ser paz e fui guerra…
Queria ser vida e fui morte…
Queria ser sol e fui escuridão…
Queria ser calma e fui tumulto…
Queria ser sobrenatural e fui terreno…
Queria ser lenitivo e fui flagelo…
Queria ser AMOR e fui decepção…
Queria viver perto de Vós e afastei-me de Vós...
Queria servir os outros e não os vi pela dureza que encheu meu coração...
Queria viver um grande ideal na vida: e tenho o coração vazio e seco...
Recebe, Senhor, em tuas mãos de misericórdia e perdão infinito,
o gosto amargo e contrito desta minha oração".

1 comentário:

  1. Oração muito emotiva, verdadeira, completamente adequada a mim.

    ResponderEliminar