Número total de visualizações de página

segunda-feira, 8 de julho de 2013

ANO DA FÉ- REFLEXÃO PESSOAL



http://deixadeusentrar.blogspot.com


Jesus Cristo é uma pessoa com duas naturezas: natureza humana (igual a nós humanos) e natureza divina (igual a Deus).

Quando dizemos “Jesus”- estamos a falar da natureza humana: uma pessoa igual a nós em tudo, menos no pecado.

Quando dizemos “Cristo” estamos a falar da natureza divina desta pessoa. Cristo = Messias, Salvador, Libertador= a Deus.

Jesus Cristo é o Filho de Deus encarnado.

Temos então uma pessoa e duas naturezas:

  Natureza humana de Jesus= igual a nós

- Natureza divina de Cristo= igual a Deus.

A fé é o sim que damos a Deus que se revelou, que se mostrou que se deu a conhecer…

- Onde é que Deus se revelou?

- Onde é que Deus se mostrou e se deu a conhecer?

- Onde podemos descobrir a existência de Deus?

Podemos descobrir (indiretamente) a existência de Deus:

1- Na natureza criada. Deus Criador. Deus é o Autor de todo o Universo. Causa Primeira de tudo.

2- Na Bíblia: Antigo e Novo Testamento.

        Deus Salvador e Libertador, Deus Vivo.

3- Na pessoa humana.

      A pessoa humana:

- Tem fome e sede de VIDA

- Tem fome e sede de AMOR: amar e ser amada

- Tem fome e sede de FELICIDADE.

Se tem fome e sede de vida, de amor e de felicidade e não consegue satisfazer…

Perguntamos: quem fez assim a pessoa humana e lhe deu esta inclinação e não consegue satisfazer?

A pessoa quer viver, mas tem de morrer…

A pessoa quer ser amar e ser amada, mas nem sempre o consegue…

A pessoa quer ser feliz, mas é muito infeliz…

Logo, Alguém que é VIDA, Alguém que é AMOR e Alguém que é FELIZ fez assim a pessoa humana.

Esse Alguém é DEUS. Por isso, Deus tem de existir necessariamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário