Número total de visualizações de página

sábado, 7 de setembro de 2013

EVANGELIZAR


http://deixadeusentrar.blogspot.com

A Igreja existe para evangelizar, isto é para dar a conhecer o Evangelho, a Boa Notícia do amor de Deus revelado na pessoas de Jesus Cristo e continuado pela Igreja Católica.
Deus amou-nos tanto que nos criou. Os humanos pecaram, mas Deus não nos abandonou ao nosso pecado e desgraça. Criou uma história de amor que a Bíblia conta no Antigo e no Novo testamento.
Essa história de amor, tornou-se plena quando Deus Pai enviou ao mundo o Seu Filho Jesus Cristo para nos salvar.
Para isso, por amor, Jesus morreu na cruz na Sexta Feira Santa, pelas 15H00, numa atitude de obediência ao Plano de Deus Pai.
Mas Deus não abandonou o Seu filho ao poder da morte e da maldade humana. Deus ressuscitou o Seu Filho Jesus, no dia de Páscoa e agora está vivo entre os que se reúnem em seu nome, está vivo na Sua Palavra, está vivo na Hóstia consagrada, está vivo na pessoa do Sacerdote que age em nome de Cristo e está vivo em cada pessoa.
Evangelizar é comunicar e tornar presente a Boa Nova ou a boa notícia do evangelho que Jesus proclamou: a proximidade do Reino de Deus; o reconhecimento de Deus como Pai e a aceitação de que todos somos irmãos. Isto implica viver no amor, na justiça, na liberdade, tanto a nível pessoal, como social.
Trata-se de uma feliz notícia que não podemos calar. É uma notícia que faz as pessoas felizes e que pode transformar a vida das pessoas  e do mundo: Deus é nosso Pai que noa ama infinitamente. Jesus é nosso irmão e morreu na cruz para nos salvar. O Espírito Santo mora em nosso coração para aceitarmos e correspondermos a este amor de Deus e para vivermos como irmãos uns dos outros.
Tudo isto é continuado pela ação da Igreja na Liturgia, na evangelização, na catequese e na caridade.

A evangelização pode resumir-se a 3 ações:

1-Anunciar a chegada do Reino de Deus pregado por Jesus.

2-Compartilhar numa mesma mesa o banquete com os irmãos a ceia do Senhor- Eucaristia.

3-Transformar o coração das pessoas e as estruturas sociais mediante uma radical conversão, vivendo na caridade= amor a todos se forma desinteressada.

Sem comentários:

Enviar um comentário