Número total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

BOM RELACIONAMENTO COM OS OUTROS


 
 
A melhor forma para termos um bom relacionamento é ir ao encontro dos outros com a riqueza dos 3 andares que caracterizam a pessoa: físico, mental e afetivo.
Assim, aparecemos como uma pessoa reunida e unificada dando valor a todos as estruturas da nossa pessoa.

O verdadeiro encontro interpessoal é aquele que implica a presença do corpo (físico), coração (sentimentos) e razão (ideias).

Não basta um sentimento muito forte (coração) para unir solidamente duas pessoas.
É preciso a presença do físico, do coração e do racional.

Unir dois corpos não é casar-se; unir dois corações não é casar-se; unir dois pensamentos não é casar-se.
O casamento implica união em todos os andares, sem esquecer ou desprezar nenhum deles.
É por isso que quando um casal está em dificuldades, em crise, a reconstrução só é possível se eles conhecerem qual é o "andar" que está em crise.
O casamento que só assenta nas necessidades do corpo (comer, beber, relacionamento sexual) e que esquece as necessidades afetivas ou racionais da pessoa não se aguenta muito tempo.

Toda a pessoa é um ser em relação, porque Deus assim o desejou desde toda a eternidade.
O homem foi criado à imagem e semelhança de Deus. Ora, Deus "é" relação: Pai, Filho e Espírito Santo.
Três pessoas de tal modo unidas que fazem um só Deus.

O homem está em construção, por acabar e deverá construir-se em relação:

- voltado para dentro de si mesmo (dimensão interior),
        - voltado para fora (universo, natureza),
         - voltado para os outros,
         - voltado para Deus.

Sem comentários:

Enviar um comentário