Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

ANO DA FÉ, REFLEXÃO


ANO DA FÉ- A FÉ OU SE PEGA OU SE APAGA,
(Pe. António Vieira)

 
 Sei em quem acreditei” (2 Tim, 1,12)

Quando se fala da FÉ cristã, temos de entender duas coisas: o MENSAGEIRO e a MENSAGEM, pois a fé refere-se a uma relação entre nós e as pessoas divinas e a aceitação das verdades reveladas.

Deus revelou-se a muitos mensageiros no Antigo Testamento. Por fim, no Novo Testamento, falou pelo mensageiro mais importante - Jesus Cristo, Filho de Deus, o Verbo de Deus encarnado.

A mensagem é a Boa Nova do Reino de Deus que nos traz a Salvação revelada na Bíblia e toda a doutrina transmitida pela Igreja Católica ao longo de 2000 anos.

O mais importante é o MENSAGEIRO, mas a sua mensagem também é importante. Se o mensageiro for digno de crédito, mais facilmente se aceita a mensagem e se confia no mensageiro. É mais fácil aceitar a mensagem quando se aceite e se gosta do mensageiro. Se não se gosta do mensageiro, já não existe predisposição para ouvir a sua mensagem.

A virtude teológica da fé deve levar-nos a um encanto, gosto e alegria da presença de Deus e as atitudes correspondentes de oração, adoração, reparação.

Sem comentários:

Enviar um comentário