Número total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

QUARESMA, TEMPO DE AMAR


 
 
O homem que pretenda viver sem Vida e amar sem Amor é louco. Para um crente, esquecer-se de rezar, é esquecer-se de viver, é esquecer-se de amar...
Quaresma é tempo de ORAR MAIS E MELHOR.

Muitos homens, hoje, desesperam, porque, à medida que crescem, julgam que podem passar sem Deus.
Dominam a terra, subjugam-na cada vez mais.
A própria vida é cada vez mais dócil nas suas mãos hábeis. Deus assim o quis.
É bom, é belo poder apreciar a sabedoria e inteligência humanas.

Mas muitos esquecem-se que não são as velas do barco que fazem aparecer o vento...

À força de esquecer Deus, os homens orgulhosos pensam poder dispensá-l'O.
Cada um se julga um Deus querendo enriquecer, explorando os outros.
Ora, os homens viverão e farão da terra um mundo de justiça e de paz, quando, em conjunto, puderem dirigir-se ao Deus Único, chamando-Lhe: Pai-Nosso. O que quer dizer: Tu és a nossa vida e nosso amor, nós somos Teus filhos, por isso, somos irmãos.
A filiação divina ainda não foi assumida e interiorizada por muitos cristãos católicos: sentir e viver que Deus é nosso Bom Pai do Céu.
      Rezar é elevar-se e ir ao encontro de Deus, que vem ao nosso encontro; é reconhecer que Ele é a nossa vida e nosso amor; é concentrar-se e oferecer-se todo, para se deixar amar, antes de querer amar...

Sem comentários:

Enviar um comentário