Número total de visualizações de página

segunda-feira, 25 de março de 2013

O AMOR DE DEUS NA PESSOA




http://deixadeusentrar.blogspot.com


Cada pesosa deve fazer tudo o que puder e 

ao mesmo tempo, esperar tudo do Amor, de 

Deus, sem O qual nada vive, nem sobrevive.

Por vezes, o homem faz o mal porque é livre 

e Deus, porque o ama, permite o erro, 

porque não quer tirar ao homem a sua 

liberdade. 

Deus deu ao homem a liberdade 

que ele pode usar para bem ou para o mal e 

mesmo que a use para o mal, Deus continua 

a amá-lo.


Deus criou-nos livres para O amar e livres 

para O rejeitar e não podia fazer-nos de 

outra maneira, pois podemos amar se 

houver liberdade. 

Nunca houve obrigação de amar; 

só poderá haver amor onde houver 

liberdade.

Se a pessoa usa mal a sua liberdade deve ser 

responsável e culpar-se a si, não a Deus. 

Todavia, mesmo com os erros cometidos, 

Deus continua a amar-nos e a vir ao nosso 

encontro como o Amor que se dá e que salva. 

Assim se manifestou Jesus Cristo, que veio 

ao encontro do homem, não como o Deus 

Todo poderoso, mas, com o poder do amor, 

deixando à nossa liberdade o aceitar ou não 

esse amor.

Quando nos afastamos de Deus, Ele não se 

afasta de nós, não nos deixa sozinhos, com os 

nossos sofrimentos. 

Vem ao nosso encontro para os tomar 

juntando-os aos Seus e dando a Sua vida por 

nós, para nos restituir novamente a nossa 

liberdade e a vida.

O segredo está em oferecer a Jesus Cristo os 

erros e os sofrimentos, pois o Seu amor 

incendeia e restitui a Vida. 

O Seu amor é mais forte que os nossos 

pecados.

Quando o homem construir a sua vida em 

comunhão, em união e em amor, descobrirá 

a beleza da vida. 

A beleza da vida que tem origem em Deus e 

cuja nascente é o amor de Deus que, sem 

cessar, cria o Universo e a Humanidade.


Sem comentários:

Enviar um comentário