Número total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

CORTESIA E BOAS MANEIRAS -19

albanosousanogueira@sapo.pt
http://deixadeusentrar.blogspot.com



b) Higiene do cabelo

- Lavar o cabelo duas ou três vezes por semana.
Embora os cabelos sejam diferentes de pessoas para pessoa.
Uns precisam mais lavagens, outros menos, friccionando o cabelo com as pontas dos dedos.
Utilizar água morna, ensaboa-lo e limpá-lo bem.

- Usar um champô adequado ao tipo de cabelo.
Secá-lo a altas temperaturas prejudica-o.
Também o prejudicam as lacas e as tintas.

- Ao penteá-lo, fazê-lo com cuidado para não partir os cabelos ou prejudicar as suas raízes.
Podemos perder muitos cabelos por dia, que mais tarde podem fazer falta.

c) Higiene dos dentes
- Lavar os dentes depois das refeições.
- Utilizar uma escova de dentes adequado no tamanho, forma e dureza.
As gengivas muito sensíveis requerem escovas suaves.

- Utilizar um dentífrico rico em flúor.

- Os doces atacam o esmalte e produzem cárie.
Se não podes lavar os dentes, comendo uma maçã ficarão limpos.
d) Higiene dos olhos
- Lava-os sem os esfregar, porque prejudicam a delicada pele que os rodeia.

- Para trabalhar, ler ou escrever, a luz natural é melhor que a artificial.
O foco de luz deve vir da esquerda, para que a mão não faça sombra.
- A distância adequada para ler ou escrever é de uns 30 centímetros.

- Não se deve ver televisão a menos de 2 metros.

- Para tirar de um olho um corpo estranho, utiliza a ponta de um lenço limpo.
Nunca lhe toques com as mãos sujas ou com as unhas.

- Vai ao oftalmologista sempre que não vires bem ao perto ou à distância, chorem ao ler e a trabalhar ou notes alguma doença.

e) Higiene das mãos

- Lava-as com água e sabão antes das refeições, quando vais fazer um trabalho limpo ou quando estão sujas.

- Limpa-as bem.
Evitarás que apareçam no Inverno as frieiras.

- Tem as unhas sempre limpas.
Corta-as e lima as arestas.
É evidente que não as deves roer, mesmo em situações de nervosismo.
Este é um vício muito feio do qual que tenho chamado à atenção de muitas crianças e jovens: o vício de roer as unhas...
É importante que desde cedo os jovens deixam de roer as unhas. De outro modo, chegam a adultos com esse vício e é muito feio um adulto roer as unhas e viver com as unhas ruídas...

Sem comentários:

Enviar um comentário