Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ANO NOVO VIDA NOVA?

albanosousanogueira@sapo.pt

O ANO ESTÁ TERMINANDO...

Entre nós, portugueses, usamos muito este ditado: “ano novo, vida nova”.
Gostaria de dizer que a vida nova a que este ditado se refere, não é a vida nova da graça de Deus que já a temos e que é um dom de Deus recebido no batismo cristão.
A vida nova não depende dos outros: governo, patrão, família...
A vida nova depende, sobretudo de cada um de nós, de ti...
A vida nova deveria ser entendida na vida interior, que se manifesta na vida exterior.
Tomar decisões a seguir uma vida nova de maior perfeição, de maior virtude.
Lutar contra os vícios e defeitos.
Por exemplo, cada mês tentar combater um defeito, vencer um vício e, assim, seria mesmo uma vida nova.
Mas é preciso, QUERER, decidir-se a sério e combater contra esse vício, esse defeito, essa mania, esse capricho…
Só nos aperfeiçoamos com uma vida de combate constante contra os nossos defeitos, de outro modo, ficaremos sempre na mesma rotina, na mesma banalidade, no mesmo vazio de viver…
Deus ajuda-nos se nós nos decidirmos a sério…
Por isso ao terminar este ano eu te peço, meu amigo, minha amiga:
Queres ter uma vida mesmo nova à semelhança da vida feliz de Jesus Cristo?
Então, luta, cada dia, contra os teus defeitos.
Não ataques os outros; não critiques os outros; não deites as culpas aos outros.
Luta contra o mal que há em ti mesmo (a).
Experimenta viver na paz, no respeito pelos outros, na esperança, na amizade, na solidariedade, na comunhão, no amor com todos.
E então no Ano Novo terás Vida Nova.
E que Deus te abençoe
Feliz ano 2012.

Sem comentários:

Enviar um comentário