Número total de visualizações de página

terça-feira, 10 de julho de 2012

A EXPERIÊNCIA DE DEUS


              A EXPERIÊNCIA DE DEUS

Não é uma experiência material como as cores, os sons, os paladares, os cheiros, nem uma experiência científica.
Existe o olhar do filósofo que reflete acerca das coisas e da sua finitude e que se interroga sobre o sentido da vida e da morte e pela sua reflexão pode chegar até Deus: lembramos as vias ou caminhos de S. Tomás para chegar até Deus.
A filosofia pergunta-se acerca da existência de Deus, tem dúvidas.
A experiência religiosa de Deus é um outro nível.
A religião não pergunta se Deus existe. Acredita em Deus.
O homem religioso é banhado pela luz de Deus e iluminado desde o seu interior e vê mais do aquilo que os olhos vêem e a inteligência compreende.
A experiência de Deus é uma experiência indireta: ninguém jamais viu a Deus” (Jo 1, 18). É a experiência de uma ausência.
Tenho um grande amor a Deus, sinto-O como o TUDO da minha vida, mas ainda não O posso abraçar.
É como se Ele estivesse aqui perto de mim, mas de costas.
Sei que está, mas não vejo o Seu rosto.

Sem comentários:

Enviar um comentário