Número total de visualizações de página

terça-feira, 25 de setembro de 2012

QUAL A IMPORTÂNCIA DA MISSA?


 
Qual a importância da missa?

    Consegues imaginar uma família em que as pessoas nunca se encontrem?
    Todos os dias há cristãos que celebram a Eucaristia, mas a de domingo é a mais «oficial». Na verdade, desde a manhã de Páscoa que os cristãos se reúnem no primeiro dia da semana para celebrar a ressurreição de Jesus.
    E há mais de dois mil anos que é assim. Mesmo nas alturas em que foram perseguidos, por vezes com risco para a própria vida, os cristãos encontram-se sempre.
    E foi isso que permitiu que a Igreja se mantivesse viva até aos nossos dias.
A missa é a altura em que se conserva a memória do Evangelho e da pessoa de Jesus Cristo.
Na primeira parte da Missa ou Eucaristia, temos a Liturgia da Palavra e actualiza-se a mensagem de Jesus Cristo pelas leituras, pela homilia e a partilha.
A segunda parte da missa, Liturgia Eucarística, é igualmente importante, porque é nela que repetimos os gestos de Jesus na véspera da sua morte, o que, para os cristãos, é uma forma de proclamar que Ele ressuscitou.
Lembras-te de que foi quando Jesus partiu o pão que os discípulos de Emaús O reconheceram? E, no caminho, Jesus explicou-lhes a Palavra de Deus (Lucas 24, 13-35).
A reunião da Eucaristia deve ser alegre, mas também de oração. Nunca te aconteceu estares numa dessas celebrações e saíres de lá completamente diferente?
A missa não é, portanto, uma obrigação que tenhamos de cumprir para sermos obedientes a alguém que é severo, mas sim uma necessidade do crente, uma fonte à qual ele vai beber de livre vontade.

Sem comentários:

Enviar um comentário