Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

JESUS EXPULSOU DEMÓNIOS?


Consulte o meu outro blog:

Os evangelhos foram escritos há quase dois mil anos e usaram a linguagem, os conhecimentos e a cultura daquela época.
No tempo de Jesus não havia conhecimentos médicos científicos como nós temos hoje. Não se conheciam as doenças, nem os seus nomes, nem as suas causas. Todo o mal era atribuído aos demónios, a Satanás, e esse ser do mal com muitos nomes.
Se uma pessoa tinha uma tosse convulsa, febre, desmaiava (como os epilépticos desmaiam), e outros sintomas e dores, logo se dizia que tinha um demónio a atormentá-la.
Jesus veio inaugurar o Reino de Deus, veio trazer Deus à terra, veio trazer a salvação, a vida, a saúde, veio combater todo o tipo de mal: o mal do corpo (doenças), o mal da alma (doenças psíquicas) e veio combater o pecado (perdoando, reconciliando).
Sendo assim, quando o evangelho diz que Jesus curou uma pessoa expulsando dela o(s) demónio(s), nós temos de perceber o seu significado. Não podemos concluir que Jesus tenha expulsado aquele “ser” do mal, só mal, totalmente mal a que costumamos chamar de demónio ou Satanás. O que concluímos é que Jesus curou essa pessoa libertando-a do mal que a oprimia e não a deixava ter saúde, ter alegria e ser feliz.
Para dizer que Jesus a curou e como o mal era, naquele tempo, todo atribuído aos demónios, os evangelistas usando a mentalidade daquele tempo, diziam que Jesus expulsou os demónios, mas a mensagem do evangelho é que Deus não quer o mal, Jesus veio unir-se a nós para combater o mal que há dentro de nós no corpo, no coração, na mente, na alma, no espírito.

ESTEJA ATENTO. ACORDE


Por isso é que, hoje, os católicos têm de estar atentos, não serem ignorantes, nem se deixarem enganar por certas realidades e pessoas onde o demónio está sempre presente, ou então “as almas do outro mundo”.
Refiro-me a certos grupos religiosos (até cristãos) que falam constantemente na expulsão dos demónios no seu culto religioso (Xô Satanás… Sai desta pessoa, etc), ou então nos curandeiros, bruxos e bruxas que vão buscar as almas de alguém que morreu para dizer que se meteu no corpo de outra pessoa e a pôs doente.

NÃO ACREDITE NISSO

Não seja ignorante, não faça figuras tristes, não dê o seu dinheiro a quem está a explorar a vossa doença, a vossa fragilidade, a vossa aflição, o vosso desconhecimento das verdadeiras causas da vossa doença.
Quem está doente do corpo ou da alma procure um bom médico, procure um sacerdote, confesse-se, reze, leia a Bíblia, participe na Eucaristia, comungue, receba a paz, o perdão e o amor de Jesus Cristo e vai ficar limpa de todo o mal.
Esse é o caminho certo. Os outros caminhos são errados. Claro que, quem quiser, pode seguir esses caminhos errados… Eu só estou a cumprir o meu dever: ensinar, guiar, orientar, apontar o caminho certo, dizer a verdade.
A Igreja Católica já pensou também dessa maneira. Felizmente que hoje temos um melhor conhecimento da verdade religiosa e da verdade acerca da pessoa humana e a Igreja Católica mudou o seu discurso, embora se encontre ainda muita referência ao demónio e a Satanás, mas com o símbolo do mal.

Que Deus te ajude e abençoe, meu irmão e minha irmã
P. Albano Nogueira

2 comentários:

  1. Padre. albano,obrigado por esta linda msg.estou a procura de uma oraçao ,este é oinici: jesus quando veio ao mundo combateu com 7 demonios se o senhor puder me envie. Obrigado IMACULADA sou policial militar preciso desta oraçao.
    maculeixan@hotmail.com

    ResponderEliminar
  2. Então como me explicar o que Jesus disse: Em meu nome expulsarão demônios e curaram enfermos? Fica clara a diferença entre doença e demonio

    ResponderEliminar